Blogger Backgrounds

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Era uma vez...

Era uma vez uma menininha... tímida,carinhosa,meia tinhosa...Mas que exalava inocência.
Essa menininha não queria muito da vida...
Olhava as estrelas e sonhava em ser astrônoma!
Comia batata frita e queria ser chef!
Brincava de casinha mas sabia que não era sua praia.


Essa menininha cresceu como todas as outras menininhas do bairro...brincando de boneca,usando maria chiquinha,sempre de vestido na igreja!!!
Mas a menininha sabia que havia algo diferente com ela,ela só não sabia o que era...O tempo passou e a menininha se tornava uma mulher...como todas do seu bairro...aprendendo a cozinhar,estudando pra ser "alguém na vida",paquerando e sendo paquerada...
Mas a ex menininha ainda sentia que havia algo diferente com ela! O que seria?
Ela gostava de ver as estrelas,comer batata frita,se arriscava na cozinha,já era alguém na vida...e continuava a paquerar e ser paquerada!
Então já mulher ela descobriu no que era diferente...Amava demais...se entregava de mais...
Ela não queria ser assim,mas não conseguia controlar os seus sentimentos!!!E pra ela valia qualquer forma de amor!
Amor pelos animais...
Amor pelos seus pais...
Amor pela vida...
Amor pelas pessoas...
Amor pelo seu amor...
Não foi fácil viver assim amando demais,ela não conseguia esconder seus sentimentos,tornava tudo muito visível...mas agia sempre com o imprevisível!
Ela amou várias pessoas que passaram na sua vida!Algumas souberam desse amor...outras ela amou em silencio com medo do que iriam pensar...Descobriu que não há amor maior do que de uma mãe...e descobriu que o amor dói...
Dói quando se ama e não se pode e também não se deve cobrar o amor de ninguém!
...Era uma vez uma menininha que TE AMAVA demais...

4 comentários:

  1. Ameeeeeeiiiii, lindo amiga!!
    Pois é, se entregar demais, se envolver, se jogar... é bem difícil eu sei, pois já passei muito por isso! Mas acho que estou aprendendo como tentar me controlar.
    Beijos minha querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valew amiga...acho que me inspirei em ti tbm rs

      Excluir
  2. Sei não, mas a menininha não era diferente por amar demais... Acho que todas um dia foram ou serão assim.

    lindo texto!

    ResponderExcluir